terça-feira, 7 de junho de 2011

Androginia tendência Passageira ou eterna continuidade?

Nunca falou se tanto em androginia, música e moda sempre caminharam de braços dados e o cinema sempre que possível dá o seu recado. Juntos eles formam uma força poderosa para lançar e firmar tendências de moda e comportamento. Através deste post quero fazer uma espécie de apanhado sobre o assunto.


 A atriz Emma Watson deu adeus ao visual  Hermione  Granger



A origem é mitológica...



De acordo com o livro O banquete, Platão usou o relato de Aristófanes para falar de 3 criaturas esféricas com duas faces, dois sexos, quatro braços e quatro pernas!
Estas entidades eram Andros (Masculino) Gynos (Feminino) e Androgynos  que era metade masculino e metade feminino.
Vendo que esses seres eram muito poderosos, Zeus resolveu enfraquece-los dividindo cada entidade em duas com o seu poderoso raio. 
Assim cada entidade ficou fadada a buscar sua outra metade mesmo tendo suas almas ainda ligadas, sendo que de Androgynos surgiu o Homem e a Mulher (Heterossexuais) e o curioso é que da separação de Andros e Gynos surgiram também os homossexuais e as Lésbicas respectivamente.

A atriz Tilda Swinton  novo visual, e o rosto andrógino mais belo do cinema na minha opinião.

De volta ao mundo real

O andrógino tem características físicas e, comportamentais de ambos os sexos. Assim sendo, torna-se difícil definir a que gênero pertence uma pessoa andrógina baseado apenas em sua aparência.
A androginia pode ser uma característica física, exemplo a estrutura óssea do rosto da atriz inglesa Tilda Swinton ou um artifício para mudar o visual como o corte adotado pela atriz Emma Watson. Comercialmente é muito explorada na moda e não define a orientação sexual do indivíduo.
 A imagem que uma pessoa com visual andrógino transmite para o mundo é de liberdade, transcendência e contestação se você quiser experimentar saiba que hoje em dia a androginia é democrática! Serve para os introspectivos, tímidos e misteriosos e  até para quem é mais descolado, livre e formador de opinião ou até mesmo se você for um contestador.

Mas qual é a graça de ter um visual andrógino?

Brincar de ser, flutuar acima de todas as convenções ou apenas dar asas ao alter-ego. Enfim todos os andróginos despertam a curiosidade e a imaginação das pessoas e por conta desse diferencial são únicos no seu modo de ser. (a individualidade da pessoa que opta pela androgenia é ressaltada.)

O recente boom andrógino a meu ver é o reflexo de uma tendência global de exclusividade, já que vivemos em um mundo onde cada vez mais tudo que for único e com um forte toque pessoal tem mais espaço e valor perante ao outro.


A androginia na música

De David Bowie a Lady Gaga o universo musical foi um dos maiores propagadores da androgenia

Nos anos 70 David Bowie o ícone do Glam Rock encarnando "Ziggy Stardust"
Mick Jagger em fase andrógina
Boy George Marcou os anos 80.
A Irlandesa Sinéad O' Connor
Prince sempre controverso
Grace Jones única
 Dita persona criada por Madonna
Michael Jackson extremista? Ou Visionário!
Steven Tiler
Marilyn Manson
Annie Lennox
Lance Bass permitiu-se para o teatro
Adam Lambert
Janelle Monaé
Jefree Star
Bill Kaulitz vocalista do Tokio Hotel
A camaleoa Lady Gaga


A androginia na moda


Vivemos em um momento único onde a exclusividade é evidenciada seja em roupas customizadas ou cabelos que ressaltem a individualidade do seus donos. Acredito que neste momento a androgenia entra como um aditivo, ela não passa despercebida, desperta curiosidade e ao mesmo tempo é exclusiva.
Hoje as grandes marcas que determinam o que é viável no mundo da moda. Seus designers há tempos se divertem quebrando barreiras de identidade e gênero e os grandes conglomerados já enxergaram isto. E, é fato que a androginia pouco a pouco vai ser algo banalizado, como foi o fenômeno Neo Hippie na década passada.

Twiggy a percussora da magreza e androgenia nas passarelas
kristen mcmenamy icone dos anos 90 e até hoje no auge.

Leticia Birkheuer 
Agyness Deyn
Lara Stone
Andrej Pejic ainda desfila com homem mas vestido de garota, foi como ganhou notoriedade
Lea T androginia e transexualismo em um ser de rara beleza
Rick Genest o Zombie Boy



A Estética andrógina nas artes plásticas. 


Grandes artistas plásticos de todos os tempos encontram na androginia uma forma de transpor limites estéticos e assim criar obras que despertam a contemplação, inquietude e até a perplexidade. O fato é que jamais passarão despercebidas.

Edvard Munch


Humberto Spindola
Marc Chagall
Leonardo da Vinci
Os Gemêos

A androginia no Brasil.


O comportamento andrógino passou a ser identificado com maior ênfase no Brasil por volta da década de 70.
O grupo Secos e Molhados através do seu vocalista Ney Matogrosso impressionava com a sua transgressão, Os tropicalistas e em especial o jovem Caetano Veloso tinha a androginia como uma das características mais marcantes. Nos anos 80 surgiu Roberta Close com sua beleza perturbadora, ninguém acreditava que ela era homem. Até hoje há quem duvide e diga que a bela foi um hermafrodita! 

Ney Matogrosso foi o percursor da androginia no cenário musical Brasileiro.
Caetano Veloso foi um jovem andrógino
Pepeu gomes cantou a androginia na musica  Masculino e Feminino
Roberta Close símbolo de beleza na década de 80
Jhonny Luxo ícone absoluto nos anos 90
Victor Piercing artista performatico e icone da arte andrógina 
Daniel Peixoto vocalista da banda  Montage
Sérgio Barros o Serginho 

Cabelos andróginos 

O Objetivo de tudo isso ao final deste longo post é nortear esta tendência para os cabelos e saber como você pode tirar o melhor proveito dela.
















O objetivo é dar delicadeza e doçura onde temos uma estrutura óssea mais rígida e fazer absolutamente ao contrario onde temos a suavidade e a delicadeza para um resultado mais firme, até aqui falei de ossos e não de sexo, seja homem ou mulher o objetivo de suavizar/endurecer é um delicioso exercício para um visagista e atualmente a androginia  
é uma das apostas do mercado, Com ela é possível trabalhar e obter efeitos em diversos níveis, desde equilíbrio visual até mesmo a perplexidade e a confusão de gênero.



E você esta pronto para a androginia? 


4 comentários:

Cida, a Escritora da Madrugada disse...

Gostei do Post, é bem a cara de uma matéria informativa sobre essa nova tendência que reaparece com mais força. Não sou muito ligada em moda e nem em tendências, mas devo admitir que toda mulher gosta de ler sobre essas temas.

O seu post tá ótimo!

Xerooo

Aparecida Santana

isadora silva disse...

Eu acho que no caso do mick jagger ele seja um andrógiono, com i, jean ana é casado com uma pessoa que não é mulher mas também não é homem

isadora silva disse...

Ele não é bicha, mas também não é homem. E a Jean vai ser casada com un ANDRÓGINO, COM I PORRA! MAS NINGUÉM PODE NEGAR QUE ELE É MUITO LINDO

isadora silva disse...

No gimme shelter ele mostra sinais de androginia, ele sente como mulher, usa colar de mulher, tem traxos de muié e tudo mais, sem falar que aquela boca é muto tentadora, mas ele é ANDRÓGINO, PÔ.